planejamento de projetos - novo ano e novas ideias

Razões para iniciar um novo projeto em 2021

Não existe um momento “errado” para começar um novo projeto, mas existem tendências que estão funcionando a favor dos empreendedores agora, principalmente no cenário durante/pós-crise;

Geralmente os momentos de crise são os momentos em que surgem muitas ideias criativas para lançar produtos, cursos e serviços com diferenciais.

Mas, mais concretamente, a economia agora é um terreno fértil para empreendedores e donos de empresas. As taxas de juros são as mais baixas do que nunca. Milhões de pessoas procuram emprego, o que significa que os mercados de trabalho são abundantes.

O surgimento de “trabalhar em casa” abriu um pool maior de talentos para escolher ao contratar. E o mais importante, as principais indústrias estão mostrando suas vulnerabilidades – o que significa oportunidade para empreendedores experientes o suficiente para inventar soluções novas e atraentes.

Produtos de Saúde em casa e bem-estar

Produtos de saúde e bem-estar certamente estão passando por um grande impulso agora. Por exemplo, apenas no mercado de fitness doméstico, as vendas de halteres e pratos de peso nos sites de venda online (ecommerce) aumentaram cerca de 1.500% este ano em comparação com 2019.

Aumento de buscas relacionadas à ginástica e exercícios em casa. Fonte: Google Trends 2020

Aceleração do comércio eletrônico

O e-commerce está rapidamente se estabelecendo como a melhor e mais fácil maneira de lançar um produto e / ou negócio.

Do ponto de vista do teste, é muito mais eficaz envolver e coletar feedback dos clientes online do que se você tentasse fazer algo semelhante a um tipo de negócio tradicional.

O Facebook e o Google continuam sendo as maneiras mais fáceis de comercializar para clientes amplos e também acabam levando às margens mais altas, porque você acaba possuindo os relacionamentos que tem com seus clientes diretamente (ao contrário de alguém entrar em uma loja, comprar um produto e partida).

Sem criatividade para iniciar?

Muitos me perguntam, Fábio, como você têm tantas ideias de projetos? A resposta é simples, a todo momento eu tenho uma dor, uma dificuldade, ou melhor, ou já tenho uma solução que utilizo no dia a dia, mas apenas eu a utilizo. Sendo assim, o que temos que fazer, as vezes, não é criar, e sim prestar a atenção no que estamos fazendo na nossa rotina.

Muitas dicas e projetos surgem de insights de coisas da rotina. O que temos que fazer, é criar um processo ou um método para torná-lo escalável.

Criar e produzir (Botar para rodar!)

Com valores baixos hoje você consegue ter um site ou um e-commerce para vender um produto. Logicamente não é só isso. Mas é possível testar.

Todos projetos que criei ou participei, tive várias versões, alguns nunca saíram do formato de teste, mas consegui aprender rapidamente com eles e ver novas possibilidades de ações.

Juntar com um amigo ou com um parceiro que tenha interesse e conhecimentos ou investimento para compartilhar do objetivo é um caminho, porém, difícil em relação a afinidades.

Mas, já experimentou começar sozinho? Fazer um curso gratuito, assitir vídeos no youtube e começar a desenvolver a ideia para sentir como pode ser?

O que acontece, é que muita gente pára na ideia, e sente que vai funcionar, sem nem mesmo colocar no papel. Cabeça não é feita para armazenar planos, e sim para processar ideias. Usar um Excel, fazer um orçamento de custos, fazer uma lista de fornecedores, criar uma lsita de métricas e objetivos com prazos definidos e fazer um pedaço de cada vez.

Dica:

Uma vez que você decidir iniciar um projeto, ele não vai acabar, ele vai se transformar.
GOMES, Fábio. 2020 rs

Ele pode se transformar para maior, ou para menor. Na maioria das vezes, menos é mais. Veja mais sobre o termo MVP. Planeje, comece, teste e volte ao início.

Uma sugestão, faça 30 dias de ação, mesmo que poucos minutos diários, e veja o poder que isso tem.

Fez algum projeto sair do papel este ano? Vai realmente fazer acontecer no próximo ano? Conte aqui nos comentários!

Publicado por

Fábio G. Silva

Formado em Business Marketing pela Ohio University, Gestor de Pessoas pela PUC Minas, Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Atua como Consultor de Marketing Digital em empresas privadas de diversos segmentos e nos tempos livres é fotógrafo, viajante no mundo, CEO na Tricks (Guia Radical), blogueiro no CV do Fábio e ainda pratica esportes radicais.