curso-de-pos-graduacao-ou-intercambio

Curso de pós-graduação ou intercâmbio no exterior

A cada período de tempo alguém me procura com esta dúvida de investir em um curso de pós graduação de média duração ou fazer um intercâmbio ou um programa executivo de curta duração no exterior.

Antes de mais nada, essa é uma decisão pessoal, portanto avalie todos os aspectos antes de se decidir.

O intercâmbio é uma experiência determinante que mudará não só o seu currículo, mas muitos outros aspectos da sua vida. Você vai conhecer muita coisa além do curso: uma cultura diferente, novos negócios, como lidar com as diferenças e a maturidade ao viver em um local totalmente distante da família, com muitos desafios a cada dia.

ohio-univerisy-roomclass-sala-de-aulaA boa notícia é que não existe resposta errada. Todos nós temos momentos, e a resposta dependerá de seu momento atual.

Hoje para avaliação de uma entrevista de emprego muitas coisas são avaliadas, inclusive estes dois tópicos, dependendo da sua atuação.

Então, já agilizando a resposta é: um intercâmbio não elimina a pós-graduação, e sim podem se complementar.

Não é o caso de quem busca um curso estrangeiro por acreditar que o diploma trará imediatamente um benefício sobre sua remuneração ou escalada profissional. A principal vantagem em estudar fora do Brasil está em conhecer novas culturas, modelos mentais e métodos de trabalho – e os retornos desse investimento vêm a médio ou até longo prazo.

Vantagens de fazer pós-graduação

  • Pouco burocrática e melhor possibilidade de investimento;
  • Pode ser, em alguns casos, feita a distância;
  • Ótima para especialização em uma área determinada;
  • Pode ser feita em qualquer momento após a formação;
  • Independe da idade e situação familiar, não precisa de mudanças drásticas para fazer;
  • Ótima para o Networking, conhecer pessoas e profissionais da área;
  • Alta aceitabilidade no mercado
  • Maior chance de fazer carreira em uma grande empresa.

Vantagens de fazer intercâmbio

  • Vivência no exterior, com cultura, língua e hábitos diferentes;
  • Você aprende a lidar com situações adversas e fora do comum na vida pessoal e profissional;
  • Ideal para qualquer idade e para quem quer viver aprendendo, desprendido da situação atual;
  • Boa chance de chamar atenção das grandes multinacionais;
  • Você consegue aprender muito numa imersão de curta duração;
  • Networking internacional e pontos de vista do potências de primeiro mundo;
  • Gerenciamento das economias e ganho indescritível de maturidade.
Intercâmbio na Ohio Univeristy feito através da LAIOB
Intercâmbio para estudar Marketing na Ohio Univeristy em 2017, feito através da LAIOB.

O que avaliar na hora de escolher um curso?

O seu empregador atual (ou desejado) é uma multinacional? Toda empresa do exterior tende a contratar e valorizar profissionais familiarizados com sua língua, cultura e modelos gerenciais. Estudar no país de origem dela – e assim adquirir todos esses recursos – é um acerto em cheio.

Seu curso ou área de atuação é forte fora ou dentro do Brasil?

Profissionais de áreas como tecnologia, marketing e gestão têm um grande diferencial competitivo no mercado se estudarem em certas universidades americanas que se tornaram referência mundial para essas disciplinas.

Mas não quer dizer que você não consiga aprender por aqui. Tive a oportunidade de ministrar o curso de Gestão de Marketing Digital e Mídias Sociais, na PUC Minas no ano de 2018, onde a grade curricular era ainda melhor do que as instituições de ensino de fora. Então, além de escolher um bom curso, você precisa ficar de olho na grade curricular para saber o que irá agregar para você.

O momento é de mudanças na sua empresa?

Se o seu empregador está passando por um momento de transformações – como uma reestruturação ou fusão, por exemplo – é melhor adiar um pouco os planos de estudar fora. Também não é recomendável se afastar num momento estratégico para a sua carreira, quando há uma promoção em vista, por exemplo.

Você está feliz no seu emprego atual

Quem decide fazer uma pós-graduação fora do país não precisa necessariamente pedir demissão. Por isso, se você está começando a estabelecer um círculo de contatos e está feliz com a sua situação atual, talvez este não seja o melhor momento para se distanciar.

Mas reflita para não confundir felicidade com permanência na sua zona de conforto.

Não faça um curso por fazer

Não vale a pena investir numa viagem se a única motivação por trás dela é poder dizer aos outros que você teve uma experiência internacional. “Se você já tem um título parecido ou se o programa não fizer sentido para a sua estratégia de carreira, é melhor ficar em casa e fazer cursos curtos extracurriculares mais específicos da sua área.

Com todas estas reflexões acredito que você já esteja com um direcionamento do que fazer ou procurar saber para firmar sua decisão de escolher uma pós-graduação ou um intercâmbio.

Eu tive essa mesma dúvida no passado, e minha resposta foi a pós-graduação primeiro para me estabelecer profissionalmente e juntar dinheiro para fazer um curso no exterior. Vocês podem conferir como foi meu intercâmbio para Ohio University neste artigo.

Se você ficou interessado no curso de pós-graduação de Gestão de Marketing Digital e Mídias Sociais que eu ministro na PUC Minas, recomendo ver a grade curricular, pois é um curso que gerou muito resultado para os alunos e boas avaliações.

Se ficou alguma dúvida, poste nos comentários e vamos conversar!

Publicado por

Fábio G. Silva

Formado em Business Marketing pela Ohio University, Gestor de Pessoas pela PUC Minas, Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Atua como Consultor de Marketing Digital em empresas privadas de diversos segmentos e nos tempos livres é fotógrafo, viajante no mundo, CEO na Tricks (Guia Radical), blogueiro no CV do Fábio e ainda pratica esportes radicais.