retrospectiva-aprendizado-ano-novo

Retrospectiva de aprendizado: Valorize as pequenas vitórias

O famoso fim de ano chegou e com ele os pensamentos de conquistas e objetivos que foram ou não concluídos no ano que termina. Momento de retrospectiva e análise de evolução. Já passou por isso? Dessa vez, eu quis colocar por escrito minha retrospectiva como forma de reflexão. Assim podendo ajudar quem tiver nesse momento de análise e planos.

É um momento que esquecemos coisas simples e pequenas vitórias, focamos em algo grande e esquecemos de ver o que já superamos. Deixamos passar batido as pequenas vitórias do dia a dia.

Muito mais do que fazer planos para o próximo ano, precisamos analisar como foi o atual para que façamos novamente o que deu certo e que não cometamos os mesmos erros novamente no futuro.

Controle financeiro pessoal do ano

Há mais de 4  anos utilizo uma planilha de controle financeiro pessoal que me orienta sobre como anda minhas finanças, com o que mais gasto e o que eu recebi, de trabalhos, freelas etc.

Esta época do ano é a melhor para saber onde ficou apertado e analisarmos como podemos economizar em áreas que esbanjaram e investir em outras que possam ser úteis, como cursos, viagens entre outros. E até mesmo avaliar que tipo de trabalho que foi feito está sendo rentável ou não.

Criar essa recorrência de avaliação, ajudará a perceber oportunidades e até mesmo caminhos que você não deva continuar. Além de te dar um norte do que o próximo ano reserva para você.

Estudo e aprimoramento de Língua

Voltei a fazer algo que sempre arranja desculpas para empurrar para outra época. Aprimorar inglês e começar uma nova língua, no meu caso dessa vez, espanhol. Si, Yo no Hablo español.

Voltei a fazer curso, com datas e horas definidas para evitar que eu falhe com meu eu do futuro. Já o espanhol para diminuir o custo de investimento em estudos e ainda assim continuar aprendendo, comecei em um curso online do Duolingo. É uma ótima maneira de conhecer novas línguas utilizando de 10 a 20 minutos diários. Você não sairá fluente, claro, mas conseguirá sobreviver a algum aperto, caso venha acontecer.

Cursos de curta duração da sua área profissional

Cursos de curta duração sempre são ótimas alternativas para retornos rápidos e incrementação de currículo. A quanto tempo você não tem uma atualização no seu perfil do LinkedIn por aprendizados ou experiências? Quando foi a última vez que escreveu sobre alguma coisa ou ensinou algo à alguém?

Tudo isso é material para você aprender, e querendo ou não fazer sua imagem profissional.

Eu por exemplo, da área de marketing, aproveitei para fazer cursos gratuitos da RD Station, Universidade Rock Content, Hubspot e Enterprise DNA com um curso iniciante de Power BI.

E adivinha? Todos gratuitos! Sim, é possível se qualificar utilizando material gratuito e se por acaso você achar que não foi o suficiente para sua necessidade, no mínimo agora você consegue avaliar um curso que será bom através da ementa e quem sabe adquirir um curso pago que agregue mais.

Cursos de produtividade e performance

Além da sua área profissional, temos o lado humano de autodesenvolvimento. Este ano por exemplo fiz cursos que me ajudaram em performance e desempenho, como oratória (para me comunicar de maneira mais eficiente evitando ruídos e aprender a falar em público), curso de digitação (para digitar mais rápido e com uma postura melhor economizando tempo em tarefas simples e mecânicas)

Além disso, diversos outros curso que podem ser feitos, como gestão de tempo, organização, de português empresarial (ajudando a diminuir tempo revisando e-mails complexos), técnicas de persuasão, gestão de problemas e conflitos, e quem sabe aulas de skate, violão ou DJ? Pois, nem tudo que aprendemos, precisa ser usado no dia a dia do trabalho. Podemos usar para nossa satisfação e lazer também.

Feedbacks construtivos e elogios

E se por acaso você não sabe por onde começar, pense nos feedbacks que você recebeu do seu chefe, amigos, colegas e familiares sobre alguma atitude ou dificuldade. Ou até mesmo sobre elogios.

Reflita nestas perguntas

  • O que tem destacado mais?
  • Onde você pode melhorar?
  • O que você quer melhorar?

Respondendo a estas perguntas, tudo que você precisa fazer, é sair da inércia e começar seu plano de ação, que pode ser, separar 10 minutos por dia para fazer um curso online.

Vida pessoal e carreira

Este ano tive diversas mudanças na minha vida, principalmente profissional. O ano em que fui Customer Success (Sucesso do cliente), Consultor de Marketing, Consultor de treinamentos online e Professor de pós-graduação.

Isso influenciou em novas amizades, novo estilo de vida, mudança de percepção de como as coisas funcionam.

São coisas que deixamos passar, aquele conselho que um colega te deu e que te ajudou a superar um momento ou a construir algo melhor. Aquela carne vermelha que você parou de comer na segunda para ajudar o mundo a ser menos carnívoro. Pequenas melhorias e doses de dopamina que precisamos para continuar lutando e seguindo em frente.

Isso acontece todo dia, mas esquecemos de olhar os detalhes e ficamos pensando no todo. Vamos erguer a cabeça para as coisas boas que já fizemos não importa o tamanho e seguir em frente sempre tentando ser melhor amanhã do que fomos hoje.

Esta é a reflexão que deixo para um ano novo que se inicia onde tudo pode ser refeito e agora com mais experiência.

Boas festas!

Publicado por

Fábio G. Silva

Formado em Business Marketing pela Ohio University, Gestor de Pessoas pela PUC Minas, Especialista em Desenvolvimento Web pela PUC Minas e Produtor Multimídia pela UniBH. Atua como Consultor de Marketing Digital em empresas privadas de diversos segmentos e nos tempos livres é fotógrafo, viajante no mundo, CEO na Tricks (Guia Radical), blogueiro no CV do Fábio e ainda pratica esportes radicais.